segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Passada a azáfama destes dias, nesta altura gosto sempre de fazer um ponto de situação. Analisar o ano que passou e fazer planos para o próximo. Acontece-me o mesmo em Setembro, com o inicio do ano lectivo... Mas este ano é um bocadinho diferente, porque parece-me que ainda ando com o 2006 pendurado. É verdade, 2006, que já lá vai há tanto tempo. Foi um ano que não correu particularmente bem, aliás, não correu mesmo nada bem. Depois de 2 anos de pesadelos (no verdadeiro sentido da palavra), resolvi passar a escrito tudo o que me aconteceu naquele ano. Fiz isso no inicio de Dezembro e saiu-me um peso de cima. Eu, que sempre achei que escrever ou falar sobre as coisas não adianta nada... Tenho falado sobre o que aconteceu aos poucos, muito de vez em quando, mas não muito profundamente com medo que doa mais. Mas este mês escrevi tudo o que aconteceu. Cruelmente, com medo de ler para trás o que estava a escrever, pondo à vista tudo o que senti na altura, coisas de que me orgulhei mas também coisas que tive medo de admitir. Fiz isto depois do jantar, já tinha os dois a dormir. Fui para a cama muito mais leve e desde aí nem um pesadelo.
Só o tempo nos dá a clareza suficiente para admitirmos que os piores episódios das nossas vidas não ficam fechados naquelas gavetinhas como gostaríamos. E por mais reservados que sejamos, esses fantasmas acabam por aparecer, no meu caso sob a forma de pesadelos, do mais horripilante que há, sob a forma de ataques de choro por ver um anuncio de televisão, e outras coisas do género.
Tentar esquecer que 2006 existiu fez com que 2007 e 2008 fossem vividos de uma forma mais superficial, mais embaciada. A realidade estava ali, mas eu estava noutro plano.
Agora parece mais fácil falar, e não me custa escrever aqui, resumidamente, o que me aconteceu:

2006
Janeiro - decidimos casar, marcamos a data - 29 Julho
Fevereiro - o meu pai anuncia que os médicos viram uma manchinha no pulmão, mas prognóstico bom
Março - é preciso abrir para ver o que é - é operado no S. João
Abril - descubro que estou de bebe, 5 semanas.
Maio - Pai cada vez pior, muito inchado e muitas dores. Tem esperança de ir ao meu casamento, mas diz que se calhar precisa de um fato novo porque não vai caber nos que tem.
Junho - Pai fica internado, metasteses na coluna e cérebro.
Morre a 24 de Junho, estava comigo e parou de respirar. Não me consigo lembrar das últimas palavras... Reagi muito bem, mas faltou-me a força das pernas quando vejo a minha mãe a sair do crematório com um potezinho na mão.

Na quinta feira seguinte faço eco das 12 semanas. Médica insiste que estou de 10 semanas. Eu tenho certeza das 12s. Vamos ligar o som para ouvir o coração. Silêncio. Silêncio demasiado longo.
1 de Julho - o corpo não expulsou o feto. 1ª raspagem mal feita no Pedro Hispano.
29 de Julho - Casamento
Agosto - lua de mel
1 de Setembro - 2ª raspagem, desta vez no S. João. Período ainda não tinha vindo e havia risco de não vir mais, com todas as consequências...
No fim do ano já estava bem, graças a Deus.

2007
Terminei a minha formação.
Engravidei logo a seguir como tinha planeado.
Danny ganha os 2 concursos em que entra. Vai tocar a Vilar de Mouros, mas VM é cancelado.
Fomos a Barcelona, ao Algarve e a Inglaterra.

Vou fazer a minha análise de 2008 e depois deixo aqui a versão reduzida!

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

O primeiro Natal do reizinho!

Como não podia deixar de ser portou-se muito bem. Na véspera esteve à mesa connosco, depois mamou e cama como sempre. No dia de Natal acordou às 8h, fizemos a troca das prendas na cama e o piolho recebeu um piano... Adorou! Fica super espantado com os sons! O pai e a mãe também receberam uma surpresa do Pai Natal. O pai teve um palm para se organizar e a mãe uma tarde no SPA...

À hora de almoço começou a chegar o resto da família, primos, tios, avós, tias-avós, e o bisavô. O piolho dormiu 1 horita e esteve o resto do tempo acordado. Sorriu para toda a gente e levou os apertos dos primos sem se queixar. Claro que teve 1 milhar de prendas, das mais variadas, desde roupa, livros, cds, brinquedos, etc. É um sortudo este meu filho. Mas mais importante que as prendas foi o convívio com a família. Foi óptimo tê-los cá todos e ver o David a criar ligações com os primos.

A baba triplicou e teve 2 ataques de choro durante a noite, vindos do nada. Ou foram pesadelos ou vem aí dentuças...

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

6 meses de reizinho



E cá estamos. Se os primeiros 3 meses pareceram uma eternidade, os segundos foram a correr. Ainda ontem eu celebrava os 3 meses toda contente porque tínhamos conseguido sobreviver e não te deixamos cair ao chão, não nos esquecemos de ti no carro, não te partimos nenhum osso, enfim, todos os nossos medos se foram desvanecendo. Estes últimos 3 meses passaram num piscar de olhos. Agora já pareces um bebezinho e não um recém-nascido. As opiniões continuam a divergir, a maioria dos amigos diz que és igualzinho ao pai, alguns dizem que és a cara chapada da mãe (ok, foi só um, confesso... mas que disse disse). Tens nos trazido uma alegria imensurável e já não imaginamos a nossa vida sem ti. No ultimo mês aprendeste a virar-te e consegues ir te mexendo no tapete. Tens uma vontade incrível de fazer mais coisas e queres mesmo gatinhar. Adoras a tua independência, mas gostas que brinquem contigo. És simpático e sorridente para todos os que vem falar contigo. És vidrado no pai, ris como um louco com ele. Comigo és mais calmo, também te faço rir, mas o que gostas mesmo é de encostar a cabeça no meu colo e ver tudo o que se passa à volta.

Tens uns olhos azuis enormes, com umas pestanas muito compridas. Os teus olhos brilham cada vez que te fazemos rir. Quando choras, não olhas para ninguém. Nisso és como a mãe. Quando estás chateado não fixas o olhar em ninguém. Normalmente não choras, só se tiveres fralda suja ou muita fome. O choro da fralda é diferente e são mais uns uivos que um choro. Quando estás com fome começas a comer a fralda e tudo o que te aparecer à frente. A tua fruta preferida é pêra e para espanto de todos, a sopa preferida foi a de cebola... Vá-se lá entender estes bebes!

Adoras o teu quarto e a tua cama. De todos os brinquedos, aquele que mais gostas é uma flor cor-de-rosa (ok!ok!) que faz barulho de saco plástico. Dos peluches a eleita foi uma girafa que a tia P. mandou da África do Sul. Já chegas aos bonecos do mobile e breve breve vamos-te baixar a cama. Quando acordas começas a palrar e vais girando na cama. Normalmente quando eu chego já estás paralelo à cabeceira... O primeiro sorriso da manhã é o mais delicioso de todos, mas aqueles momentos antes de adormecer, em que nos deitamos os dois na cama e ficas a olhar fixamente para mim são muito especiais.

Que sejas muito feliz meu bébe!

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Ontem mudamos o David para o quarto dele. Tinha planeado mudá-lo a 1 de Janeiro, mas comecei a achá-lo muito esperto e atento ao que está à volta e por isso, antes que estranhasse foi já.

Adormeceu muito bem, eu sentei-me no sofá e falava com ele sempre que ele se irritava, sim, porque luta para não adormecer o mais que pode. Bastou dar corda ao mobile 2 vezes que ele aterrou. Adormeceu às 22h e acordou às 8h20.

Hoje fomos às vacinas dos 5 meses, atrasadíssimos, e ele portou-se muito bem, mas já fica a olhar para a enfermeira meio desconfiado. Só chorou enquanto ela injectava e depois calou-se logo. Dormiu quase 1 hora a seguir. Agora tomou banho, jantou e cama. Adormeceu mal o pousei na cama. Os dias de vacina são sempre uma maravilha!

Consegui descobrir o que oferecer ao meu steak, mas não revelo aqui, não vá ele vir cuscar e estragar a surpresa. Estou em picos para saber o que me vai dar, porque pela primeira vez fez a compra pela net...

Amanhã o meu piquinho faz 6 meses!!!

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Hoje o David enganou-se e acordou às 7h. Coitadinho, começou a tossir e acordou, acho que sem tosse dormia até às 9h do costume... Mamou e voltou a dormir.

Eu estava cheia de energia e aproveitei para ir dar as minhas voltas. Às 9.10 estava a entrar no carro, correios, banco e às 10h estava no Arrábida para as últimas compras de Natal. Tudo na companhia da Amy Whinehouse. Fui especificamente para comprar a prenda do steak, na esperança de ter alguma ideia luminosa enquanto lá estava. Mas não... comprei tudo o que me faltava e a prenda mais importante não consegui... Durante o ano lembro-me de imensas coisas que ele gostaria de ter ou que lhe fazem mesmo falta, mas ou já as arranjamos, ou agora não me lembro. Ele também não ajuda... quando lhe perguntei se gostava que lhe desse alguma coisa em especial - resposta dele: "just a piece of paper with some words on..." - é um romântico este meu marido!!

Bem, às 11h30 estava em casa, dar almoço ao David e saímos para ver uma casa nova. Fica um bocado longe do Porto, o que não seria problema se os acessos fossem melhores, mas são péssimos. A casa em si é uma delícia, com jardim relvado que iria fazer as delicias do David e do pirikito (gato).
De lá fomos ao IKEA, almoçamos lá e arranjamos uns móveis para o quarto do David, um deles prenda do bisavô. Compramos 2 estruturas destas e caixas em vermelho, azul e verde.
Para chegar a casa foi 1 hora de trânsito, o David mamou e eu fui para o yoga. Escusado será dizer que a casa está de pernas para o ar. Agora está a dormir e eu vou lá em biquinhos de pés apontar-lhe o nebulizador para aquele nariz mais fôfo, sem ele dar por ela. É que quando fiz as nebulizações com ele acordado, insistiu em comer a máscara...

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Acho que o David está a melhorar da tosse. Comecei as nebulizações ontem à noite, já fez 3 doses. Acabei por comprar uma máquina, que não é a que toda a gente tem, mas que o médico aconselhou por ser muito silenciosa, rápida e portátil (trabalha a bateria e tudo). Ainda por cima ficou mais barata que a outra que tinha visto...

O pai hoje fica de férias, vai ser bom estarmos os 3 juntos todo o dia!! Adoro estes dias frios e sem chuva (é a minha costela capricorniana)... se o David melhorar vamos andar no laréu. Estou tentada a desafiar o meu steak para uma volta de patins. Desde que engravidei que nunca mais os calcei e apetece-me mesmo. Vai ser giro é empurrar o carrinho ao mesmo tempo.

O pai hoje foi com os miúdos da escola a um concerto. É uma coisa de angariação de fundos e os alunos dele vão tocar uma música. Fomos assistir ao soundcheck e modéstia à parte, o colégio deles foi o melhor. O steak fica todo contente porque os alunos dele são muuuito bons, e dá gosto vê-lo tão empolgado com este trabalho.

Eu não tenho férias, só mesmo 24 e 31, que já dá jeito...

terça-feira, 16 de dezembro de 2008




(David no sling, a ajudar a mãe durante 1 aula)

Na foto parece ruivo, mas não é... é louro escuro...!

Hoje

Pediatra - está a crescer super bem, está com 8440gr e 69,3cm (percentil 75 em peso e 90 em altura). O que tem não chega a ser uma constipação, muito menos uma bronquite, mas realmente está atacado da garganta. Os pulmões estão limpinhos, mas como a tosse está muito feia, vai fazer nebulizações durante 10 dias, de manhã e à noite.

Passei na farmácia a ver os preços das máquinas, e fiquei desanimada. A farmácia da minha zona é super cara e a única maquina que tinham é de 135 euros. Amanhã vou passar noutra, se não vai ter mesmo de ser esta. Temos de começar amanhã.

Ementa até próxima consulta: maminha sempre que quiser, sopa e fruta ao almoço, se quiser dar bolacha maria desfeita com fruta e iogurte natural (vaca ou soja) ao lanche (a partir da próxima semana).

Recomendação de o passar para o quarto dele logo que possível, desde que ele não esteja doente, com o pré-aviso de que a mãe passa a dormir muito pior, porque se vai levantar 1500 vezes para o ir espreitar...

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Ora cá estamos!
Com uma ligação à Internet nova e menos falhas (até agora nenhuma falha...).

Ontem fizemos uma festa para celebrar os 90 anos do nosso mestre de yoga. A coisa correu muito bem e acho que todos os alunos gostaram. Tiveram oportunidade de o ver num dvd, o que para alguns foi a primeira vez e é sempre marcante...

O David está com tosse seca e um bocadinho rouco. Consegui antecipar o pediatra para amanhã e vamos ver o que ele diz. Também a homeopata já disse de sua justiça e mandou continuar com os granulos anti constipação e dar mais outros diferentes para ver se a coisa melhora.
Pelo menos continua bem disposto, muito sorridente e com apetite... Quer dizer, muito apetite para a fruta e muita fita para comer a sopa.

Já fizemos metade das compras de Natal, para não fugir à regra, uma coisa muito comedida, como aliás é nosso habito. O pirolito já teve a cadeira de refeição, uma vestimenta especial para o dia de Natal e vai ter a cadeirinha para o carro em Janeiro, por isso prenda prenda no próprio dia só as do resto da família (se eu me conseguir conter... acho que sim...)

Hoje, no meio de mudas de fralda, soro no nariz, aspira, esteriliza, etc, ainda consegui fazer uma aletria. Dos doces de Natal é o único que sei fazer muito bem. A minha contribuição costuma ser o salame de chocolate, que é uma delícia.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

video

Agora que aprendi a colocar os videos, não quero outra...

Não podia deixar de partilhar este video! Do melhor que tenho visto. Como não é meu vou ter de o apagar, mas disfrutem...

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Ontem andava eu no arejo, quando começo a reparar na quantidade de gente que andava a pedir na rua. Alguns a pedir esmola, outros a fazerem peditórios. Só no centro comercial eram pelo menos 4 causas diferentes... É que aparecem como cogumelos nesta altura do ano. Só me lembrava da M. a desatinar com os que vendem bonecos - diz ela e com razão que se usassem o dinheiro que lhes custou fazer os bonecos para apoiarem a própria causa, tinham meio caminho andado... Ora estava eu a ser mazinha e a pensar cá para mim: " Eles que se aproximem, que peço já algum emprestado..." quando vem uma miúda simpática OFERECER-ME umas amostras de detergente. Sim, ofereceu-me 2 doses de X-TRA, com sabão azul e branco. E não me pediu nada em troca, nem sequer os meus dados. Como estas coisas são cada vez mais raras, fica aqui o registo e o meu obrigada à X-Tra... Vamos experimentar! Hoje de manhã, para me pôr fina, levei logo com um telefonema da "Família Feliz", que não sei como sabiam o meu nome, e claro, queriam dinheiro...

David:
Nariz meio entupido. Tenho posto soro e aspirado várias vezes ao dia e reforcei o homeopático da constipação. Vamos ver se não pega! Adiei a vacina, que era hoje...
Já se vira bem. Passou a gostar de estar no chão deitado, vira-se e tenta gatinhar. Se lhe segurar os pés, ele empurra-se para a frente. Está um homenzinho!

Eu:
Consulta do GO. Recuperação fantástica, médico muito orgulhoso de mim. Músculos e órgãos internos todos no sítio. Menos peso que antes da gravidez.... 59,5Kg...!!!! hehe! (Estou a comer um pacote de bolachas de chocolate à conta desta..). Se exame estiver OK, só preciso voltar em Junho 2009. Disse-lhe que se calhar nessa altura começávamos a planear o segundo.
Antes do David nascer queria muito ter 2 filhos assim quase seguidos, aliás queria ter 3... Agora, estou a achar que se não tiver o segundo rapidamente já não vou ter coragem/energia. Se calhar é por ainda estar tudo muito fresco...
Ele achou óptimo. Diz que os 3 primeiros anos são os mais difíceis para os pais, os mais esgotantes e que convém "arrumar" logo o assunto...

Ando a tentar arrumar a minha sala. Apesar de ser grande, não consigo fazer com que o parque (cheio de brinquedos), a cadeira de refeição, a espreguiçadeira, o tapete de actividades e a almofada de amamentar pareçam parte da decoração... porque será?

sábado, 6 de dezembro de 2008

(video removido - too late!)

E o nosso primeiro video é dedicado ao pai, ao som do pai!

We miss you, steak!

Depois de voltas e mais voltas a tentar editar os videos do telemovel desisti e peguei mesmo na camara de filmar, a técnica ainda está por aperfeiçoar, mas lá chegaremos...

O David fica espantadíssimo com camaras e telefones!

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Sem pachorra para escrever...
O David está óptimo. Uns dias mais fáceis de aturar, outros não. Ás vezes entretém-se sozinho, outras vezes só quer companhia e colo. Adora estar sentado, mas se não o segurar mergulha para a frente, numa especie de adho mukha baddha konasana. Quando dorme bem de dia é meio caminho andado para andar bem disposto. De noite dorme bem, houve umas noites em que se enganou e acordou muito cedo, mas como não lhe dei mama e o pai o pôs a dormir (isto soa um bocado violento, mas não foi... demorou quase 45 minutos, mas embaladinho lá adormeceu), nunca mais repetiu a brincadeira... Eu ando muito bem, a conseguir praticar qualquer coisinha e a estudar também...
Como boa capricorniana que sou, já tenho a árvore de Natal montada desde meio de Novembro e a casa com vários enfeites, estrelas nas portas, presépio ao pé da lareira, velinhas e mais velinhas... Este ano ele ainda não vai perceber nada do que se passa, mas já vibra com as luzinhas.
Prendas compradas, só uma, para o afilhado... tenho que despachar este sector. O resto está decidido, mas ainda não está tratado.