domingo, 17 de agosto de 2008

Para a minha piki linda... PARABÉNS!!

Nunca me vou esquecer do dia em que nasceste... Fizeste a tua mãe ficar com uma barriga enorme - não parecia uma bola de basquete, mas sim duas... e espetadas para a frente. A tua mãe entrou na maternidade a pé e a beber uma 7UP, feliz da vida. A tua chegada estava a ser preparada já há muito tempo e acho que a tua mãe já estava perto das 42 semanas, mas não me lembro bem...
Nos dias anteriores andou a fazer caminhadas, a ver se tu te despachavas. Mas não querias sair do teu aconchego, e os médicos tiveram que te arrancar à força! Quando te tiraram da barriga da mãe deixaram-te ali a aquecer, sozinha e desprotegida. Ficaste ali uns bons 15 minutos sozinha. Acabada de chegar ao mundo e tão sozinha. Para mim foi ali que aprendeste a ser tão independente - tão dona do teu nariz. Sempre te safaste bem sozinha. Ainda hoje me arrependo de não ter feito nada - era a primeira vez que eu assistia a um parto... Devia ter pegado em ti e posto-te no colo da tua mãe. Mas na altura não sabia se podia e todos os médicos tinham desaparecido (um dia a tia ensina-te umas coisas sobre o sistema de saúde público vs privado)
A tua mãe ficou um bocado maltratada, mas sabes uma coisa? Ninguém diria, porque sempre que olhavamos para ela, ela transbordava amor. Eram só sorrisos. O teu pai também andava com um sorriso até às orelhas, daqueles com covinhas nas bochechas, sabes?
Na primeira semana ficaste em minha casa, andamos todos nas nuvens. Eras uma bébé muito sossegada e mamavas muito bem! Nasceste muito grande, com 4100gr e eu fui logo comprar-te roupa, porque a que tinhamos não te servia.
Nem me acredito que já passaram 4 anos. Ver-te crescer tem sido uma benção e tens-nos ensinado muito a todos. A tua alegria é contagiante e sem saberes, ajudaste-nos a ultrapassar momentos menos bons. És, sem dúvida uma menina muito especial. Do alto dos teus 4 anos, já nos fizeste crescer a todos.
Agora és também uma irmã mais velha - e que bem que te tens saído! Sabíamos que não ía ser fácil para ti partilhar o pai e a mãe, todos tentamos que não te sentísses menos feliz e tu conseguiste. Soubeste dividir os pais com o teu mano, que te adora e tens sido para ele um exemplo. Já viste como ele olha para ti? Os olhitos dele brilham cada vez que te vê!
Espero que a vida te continue a sorrir, que tenhas um caminho fácil e muito feliz. Eu e o tio D. estamos aqui para te ajudar, sempre. Temos muito orgulho em ti! Amo-te muito piki!

3 comentários:

Alexandra e Pedro disse...

Que linda dedicatória Joana...fico logo emocionada!

PArabens para a Piki!

Xana

Noria disse...

Lindo post! Linda Kiki, a pequena leoa! E linda Tia.....

Mãe dos Piuzitos disse...

:)